quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Você não sabe quem é o Balú?

          Acordei por volta das 6h30. Dei uma espiada no zapzap e não vi o costumeiro “Bom dia” do meu amigo Fernando Guimarães, da Iromind. Fernando consegue acordar sempre primeiro do que eu. E, simpaticamente, distribui seu “bom dia” pra seus pares da Iromind. A gente se acostuma com coisas boas também. E esse hábito dele, embora pra alguns não tenha lá muito valor, é saudável por demais. Particularmente, gosto pra caramba. Ah, mandei um zap no grupo reclamando. Não demorou cinco minutos e ele enviou mensagem no privado. Grande Fernando. Tomei um pedaço de água e desci. Como faço na maioria das vezes, botei pra dentro uma xícara de café com leite. Bastou esquentar o leite, porque o café do dia anterior ainda estava morno na garrafa térmica.
Aquecimento nota mil
          Você que está acompanhando o blog sabe que antes de sair pra correr eu pedalo no rolo fixo. E hoje não foi diferente. Pedalei por 32 minutos, tempo suficiente pra um ótimo aquecimento e pra assistir a um vídeo do Danilo Balú e outro do Frank Silvestrin no youtube. Você não sabe quem é o Balú? Ohhhhhhh! Não sabe quem é o Frank? Outro ohhhhh! Rsrsrsrsrs. Vai no papai Google, vai. Balú falou por 17’48” sobre os benefícios do jejum intermitente, inclusive pra atletas. Você sabia, amizade, que o jejum aumenta a produção de GH? Frank contou sua saga no Ironman Fortaleza 2014, quando foi quinto colocado.
 
Pista "particular" em Sta Isabel
         Outro ponto positivo do pedal antes da corrida é que estou sempre treinando transição. Devidamente aquecido, saí pra correr. Onde? No meu circuito, claro. Assim mesmo, sem perder tempo. Uma transição. É descer da bike, calçar o tênis e disparar. Imagino sempre que estou numa prova. Na noite anterior, o coach Roberto Lemos passou-me orientações sobre o treino intervalado de hoje: “Corre uns 5km em ritmo moderado progressivo. Aí pausa de 3min e faça 8x400m no plano c1’ p 1’33”-28”. Depois corra 2km ritmo moderado a médio”. Então bora. O resultado do treino? Taí, oh:

5km progressivo:
Tempos: 5’20 / 4’45 / 4’35 / 4’23 / 4’15

Pausa de 3’ caminhando fraco

8x400 com 1’ pra 1’33-1’28
Tempos: 1’29 / 1’30 / 1’28 / 1’30 / 1’29 / 1’31 / 1’29 / 1’27

2km moderado a médio
Tempos: 4’24 / 4’23
Após o treino, água gelada

         Feito o treino, agora era caminhar três quilômetros pra casa. "Gile, você consumiu alguma coisa antes ou durante esse treino?", você pode estar questionando. Sim; meu corpo consumiu gordura do estoque. Nem água, paisano. Nem chego a entrar em casa porque o riacho me convida antes pra um mergulho em suas águas geladas. Com direito a massagem nas panturrilhas e coxas. Minha mulher foi ao meu encontro e levou meio mamão, uma manga e uma laranja. Foi minha refeição matinal. Essa é, via de regra, a única hora que como fruta - logo após um treino. A outra é durante um pedal. Nesses momentos o corpo não produz insulina, meu chapa.
Frutose logo após o treino poooooode

      Meia hora de banho é suficiente pra minha musculatura voltar ao normal. E não preciso de suplemento algum. Anote aí: não preciso de suplemento algum. Se eu fosse um profissional, acredito que usaria. Mas um amador, que está mais preocupado com saúde do que qualquer outra coisa, encher a pança de suplementos? Tsic, tsic, tsic.
Massagem 
         Só vou almoçar às 14h. Muita verdura, legumes, sobrecoxa de frango e fígado tudo numa forma só. Sobrecoxa com pele. Com pele. Ora, a pele é fonte de gordura. E minha principal fonte de energia é a gordura. "Gile, comer gordura não engorda?", certamente vai ter gente perguntando. Se você comer músculo vai ficar musculoso? Se comer ovos vai... Como dizem os manezinhos: pára, né. 
Sobrecoxa com pele, com pele
         E não tem funcional? Tem, sim. À tarde, uma roçadeira movida a gasolina me esperava pra dar uma geral no pasto. Roberto me diz pra maneirar com essa joça porque enrijece o trapézio e prejudica minha natação. É fato, mas tem outros benefícios. Pra finalizar, um pouco de isometria na bola de pilates. Um carbo na janta e pronto. Antes de dormir, vou me refestelar com iogurte natural pra completar o tanque. Amanhã tem mais. "Feliz virada de ano", diria Rubinho. hahaha
Isometria na bola


9 comentários:

  1. Desse jeito vai acabar em Kona... cuidado! Kkkk! Parabéns pelo relato Gile! Motivador!

    ResponderExcluir
  2. Estou adorando te acompanhar!!! Depois fala o que comeu no jantar, fiquei curiosa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não teve jantar, Fabiane. Só comi um pouco de iogurte natural.

      Excluir
  3. Muito bom, hein? Delícia, esse banho depois do exercício!

    ResponderExcluir